EDITAL SUCESU MINAS – PITCH DESAFIO BH DIGITAL

1. A SUCESU Minas
1.1. A SUCESU Minas – Sociedade dos Usuários de Tecnologia de Minas Gerais é o mais tradicional órgão representativo da área de Tecnologia de Minas Gerais. Foi criada há 50 anos, com o intuito de promover debates, estudos, formação e eventos para o desenvolvimento em conjunto de soluções para os desafios relacionados as novas tecnologias. Tem trabalhado para defender os interesses de seus associados, dos usuários de tecnologia e da Sociedade Mineira, pela disseminação da cultura empreendedora e da inovação tecnológica, de forma inclusiva, democrática e que fortaleça o desenvolvimento socioeconômico.

2. O Desafio BH Digital 2018
2.1. O objetivo do Desafio BH Digital é promover o desenvolvimento de soluções inovadoras tecnológicas para a Região Metropolitana de Belo Horizonte, sejam elas novos produtos, processos ou serviços de caráter inovador, incremental ou radical, que promovam o bem comum, nas categorias de educação, meio ambiente sustentável, mobilidade, segurança e saúde.
2.2. O Desafio BH Digital é uma das atividades da Congresso Inforuso 2018.
2.3. A participação é aberta a estudantes do ensino médio ou da educação superior, em instituições públicas ou privadas, ou matriculados em escolas de tecnologia e programação, assim como aos colaboradores e empreendedores de startups.
2.4. Startups são empresas em fase de constituição ou criadas há menos de cinco anos, que baseiam suas atividades no uso de conhecimento científico avançado ou pioneiro e investem na Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) para oferta de bens ou serviços de maior intensidade tecnológica.
2.5. Serão selecionados até 20 ideias ou projetos, propostos por indivíduos ou grupos de até quatro pessoas, a serem apresentadas na manhã do dia 14 de agosto de 2018, das 8h às 12h30, no Cine Theatro Brasil Vallourec, à Av. Amazonas 315 - Centro – Belo Horizonte (MG).
2.6. Cada apresentação presencial terá duração de 3 (três) minutos de exposição da solução inovadora, acrescidos de 2 (dois) minutos para arguição da respectiva Comissão Julgadora.
2.7. Considera-se ideia ou projeto de inovação aquele que possua uma proposta de valor bem definida, solução em estágio que demande desenvolvimento ou aprimoramento tecnológico para realização de prova de conceito.
2.8. Não fazem parte do escopo deste edital projetos de inovação em marketing, bem como softwares e aplicativos que não proponham desafios tecnológicos. Salienta-se que também não fazem parte do escopo quaisquer propostas de inovação que possam vir a ferir questões legais ou éticas, principalmente no que diz respeito à dignidade da pessoa humana.
2.9. Na concepção das cidades inteligentes inclusivas, centradas nas pessoas e não nas tecnologias, o que se promove é o civic hacking, quando se estimula os próprios cidadãos a criarem soluções inovadoras digitais que possam ser aplicadas no local que habitam.
2.10. A cidade inteligente inclusiva é a que estabelece um território com pessoas aptas e empoderadas ao uso e desenvolvimento de soluções intensivas de TIC como instrumentos para melhorar a qualidade de vida, com articulação de agentes públicos e privados que geram e compartilham conhecimento, acentuada capacidade de aprendizagem e inovação em prol do bem comum.

3. Cadastro e submissão das ideias e projetos
3.1. Os projetos deverão ser cadastrados e submetidos, obrigatoriamente, por meio de formulário eletrônico de inscrição com link disponível no endereço https://goo.gl/forms/92PoDXQ2pSObj7H82, até às 23h59 (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos), horário de Brasília, do dia 08 de agosto de 2018.
3.2. Não estão disponíveis outros canais para preenchimento do formulário de inscrição.
3.3. O preenchimento correto do formulário eletrônico de inscrição é de inteira responsabilidade do proponente.
3.4. Cada responsável pelo cadastramento receberá um comprovante online da submissão que será enviado no endereço eletrônico informado na inscrição. A comunicação durante o processo será realizada com o mesmo.
3.5. Cada indivíduo ou membro de um grupo poderá participar com apenas uma proposta.
3.6. Em caso de constatação de projetos idênticos, enviados por diferentes responsáveis pela inscrição, todos serão desclassificados.
3.7. Após a submissão do projeto não serão admitidas quaisquer alterações no mesmo, como inclusão, troca ou exclusão de membros, sob pena de desclassificação de toda a equipe no programa, exceto em casos excepcionais que serão avaliados e julgados pelos coordenadores do Desafio BH Digital.
3.8. Pedidos de esclarecimentos e dúvidas deverão ser encaminhadas, em até 03 (três) dias úteis anteriores a data de encerramento do recebimento das inscrições, em português para o e-mail desafiobhdigital@sucesuminas.org.br .
3.9. Cada ideia ou projeto deverá apresentar, por meio do formulário eletrônico de inscrição, as seguintes informações:
3.9.1. Quanto ao/aos proponentes.
3.9.1.1. Dados pessoais e de contato do/s proponentes.
3.9.1.2. Identificação de vínculo – instituição educacional, nível de ensino e ano, startup.
3.9.2. Quanto a ideia ou projeto.
3.9.2.1. Identificação - nome da ideia ou projeto.
3.9.2.2. Categoria - educação, meio ambiente sustentável, mobilidade, segurança ou saúde.
3.9.2.3. Problema que pretende resolver.
3.9.2.4. Solução a ser desenvolvida.
3.9.2.5. Principais semelhanças e diferenças em relação a produtos ou serviços existentes.
3.9.2.6. Indicação de quem será o componente do grupo que fará a viagem internacional no caso da ideia ou projeto ser selecionado como vencedor.
3.10. Serão desclassificados os projetos e as ideias que não responderem as perguntas obrigatórias do formulário de inscrição.
3.11. Não podem participar do Desafio BH Digital parentes de até 3º grau de diretores ou funcionários da SUCESU Minas, das empresas patrocinadoras da Inforuso 2018, bem como do painel de especialistas designado para conduzir o processo seletivo.

4. Processo de análise e seleção das ideais e projetos
4.1. A condução do processo seletivo é de responsabilidade do painel de especialistas designado pela SUCESU Minas e será dividido em três etapas subsequentes e eliminatórias:
4.1.1. Enquadramento: avaliação do formulário de inscrição;
4.1.2. Avaliações qualitativas dos critérios explicitados neste edital;
4.1.3. Pitch presencial.
4.2. Serão selecionados projetos e ideias que tenham tecnologias ou modelos de negócios inovadores, com grande potencial de impacto, de base tecnológica, que envolvam pesquisa e desenvolvimento de novos produtos ou serviços e articulação intersetorial: governos e sociedade civil.
4.3. A apresentação – pitch - a ser feita presencialmente para a banca avaliadora e o público presente deve ter o conteúdo baseado nos critérios de classificação acima descritos e a duração máxima de até 3 minutos com 2 minutos para perguntas. É a oportunidade máxima de convencer sobre a ideia ou projeto e, por isso, deve chamar atenção pelo design, conteúdo e oratória.
4.4. A pré-seleção para definição dos 20 projetos ou ideias a serem apresentados é realizada pelo painel de especialistas definidos pela SUCESU Minas.
4.5. A decisão do vencedor será mediante de votação do público presente no pitch, ao final da manhã, em conjunto com especialistas indicados pela Sucesu Minas. Ao final da manhã serão definidos os 5 finalistas. Os 5 finalistas deverão estar presentes ao final da tarde na INFORUSO para a apresentação da colocação final e entrega dos prêmios.

5. Da premiação
5.1. Os participantes selecionados para apresentarem receberão um certificado e uma anuidade de associação pessoa física da Sucesu Minas, além da divulgação pessoal e da organização à qual está vinculado na Revista Inforuso.
5.2. Os cinco primeiros lugares serão objeto de matéria especial a ser divulgada pela Revista Inforuso, uma oportunidade de se conectar com grandes empresas, órgãos governamentais e organizações da Sociedade Civil que querem investir em soluções inovadoras inclusivas em Minas Gerais.
5.3. Os três melhor avaliados receberão uma consultoria em prototipação de aplicativos gratuita conduzida pela Mobilus Tecnologia.
5.4. A ideia ou projeto vencedor será premiada com uma visita de sete dias corridos a empresas e cidades do Vale do Silício, na Califórnia, EUA, com todas as despesas de transporte, alimentação, hospedagem e acompanhamento de guia local pagas pela SUCESU Minas.
5.5. As providências e custos relacionados aos vistos de entrada e saída dos EUA, bem como procedimentos de alfândega, entrada e saída do país são de responsabilidade do premiado.
5.6. Casos omissos serão definidos pela Presidência da SUCESU Minas.