O Brasil vem sendo um dos protagonistas do agronegócio mundial e um setor prioritário do governo, afinal estatísticas afirmam que seremos quase 10 bilhões em 2050.

O agro não ficou fora da 4ª revolução industrial e vem adotando tecnologias e iniciativas de empreendedorismo e apoio ao surgimento de startups do agronegócio. Tudo isso, vem contribuindo para um salto de produtividade, evolução nas pesquisas para minimização de problemas típicos do agro como pragas e doenças dos animais, agregando maior sustentabilidade aos processos em benefício do meio ambiente, melhoria na eficiência energética, entre outros.

A Internet das Coisas (IoT) vem tornando o agronegócio movido a dados. Entre muitos exemplos, vem sendo usada em sistemas de irrigação automatizados racionalizando o uso da agua, em sistemas de sensoriamento remoto monitorando a saúde de plantas e animais, automação de sistemas para o conforto animal etc.