Artigos

O Humano Digital: uma visão de como a sociedade se relaciona com a tecnologia

O tema principal do Inforuso 2019, evento realizado pela Sucesu Minas em parceria com a FINIT e o Governo de Minas Gerais e que analisa e traz tendências sobre tecnologia e seus impactos na sociedade, foi o Humano Digital. Trata-se da hiperconectividade, relação da tecnologia com o cérebro humano e quais os propósitos da era da Transformação Digital.

A sociedade atual está muito ligada à tecnologia, e essa relação influencia nos âmbitos pessoal, profissional e comportamental, como um todo. Portanto, o Humano Digital é um conceito atual que passa por uma profunda reflexão por parte de especialistas e mercados, em que a análise principal é a relação entre seres humanos e tecnologia, com seus benefícios e riscos.

O Humano Digital – uma revolução que vai além dos bytes

Durante o INFORUSO 2019, Paulo Almeida, professor de liderança e gestão de pessoas da Fundação Dom Cabral, falou a respeito dos avanços tecnológicos da Inteligência Artificial (IA) como uma convergência de saltos tecnológicos, transformações sociais e necessidades econômicas genuínas, superando décadas de inércia. “Estamos levantando a IA de suas raízes acadêmicas e a impulsionando para a frente dos negócios e da indústria. A boa notícia é que os investidores veem o valor da aplicação dela, aprendizado de máquina e técnicas de aprendizado profundo, para resolver muitos dos desafios empresariais em múltiplas indústrias e setores da economia moderna”, exalta Almeida.

 

Nesse contexto, o evento Dell Technologies World, que acontece anualmente em Las Vegas, discutiu que a real transformação digital que passamos vai além dos bits, bytes, da robótica e da inteligência artificial. É comportamental. E, de fato, o mundo corporativo já tem consciência de que a tecnologia é o melhor investimento para sobreviver e crescer.

 

Independentemente da inovação, a proposta é que a tecnologia seja encarada como uma poderosa ferramenta para melhorar a vida do ser humano.

 

Na ocasião, o CEO da Dell, Michael Dell, disse acreditar que os próximos 30 anos serão revolucionários, mais do que as últimas décadas. E, com o avanço da Inteligência Artificial (IA), veremos uma verdadeira era de milagres, especialmente na saúde, com avanços exponenciais que resultarão, por exemplo, na cura de doenças graves.

Futurólogos vão ao encontro desta ideia, afirmando que a revolução tecnológica dos próximos anos será pela colaboração entre o homem e a máquina, com a inteligência humana em harmonia com a computação cognitiva, com máquinas e robôs colaborativos trazendo um novo modelo de trabalho.

Porém, estudiosos e especialistas do setor também alertam para os malefícios que esta transformação pode acarretar, Citam,como exemplo, o quanto smartphones consomem minutos de interação humana e como essa atitude pode influenciar na saúde emocional dos indivíduos.

Transformação Digital – por uma sociedade mais sustentável, colaborativa e estratégica

A preocupação diante tantas mudanças, dinâmicas e constantes, vai além de como acompanhá-las, mas como que estas tecnologias acrescentarão boas experiências aos clientes, o impacto e a diferença que fará na vida deles.

 

Nesse sentido, o Humano Digital é um conceito relacionado à Sociedade 5.0, que busca as inovações e as soluções facilitadoras da vida humana. E, entre os benefícios deste movimento, inclui-se as cidades inteligentes (Smart Cities/Urban Techs), com Inteligência Artificial (IA) como ferramenta de otimização de segurança, mobilidade e economia de recursos naturais, incluindo eficiência na gestão pública.

 

As Smart Cities, ou Cidades Inteligentes, utilizam recursos de forma estratégica e otimizada. Essa inteligência integra pessoas, sistemas e serviços, promovendo a melhoria na qualidade de vida da população e avanços no desenvolvimento econômico e social, entre eles, a geração de empregos, sustentabilidade e economia de água, energia elétrica, combustíveis, entre outros.

Já como influência no setor público, a IA age na potencialização da capacidade do governo de entregar serviços de qualidade para a população, com investimentos estratégicos visando o bem comum da sociedade.

E é justamente neste ponto é que está inserida a Sociedade 5.0 na prática: como um processo natural da evolução da Indústria 4.0, que impacta na forma como as pessoas interagem, vivem e aprendem, com sociedades cada vez mais conectadas.

“A Sociedade 5.0 não fala [apenas] sobre tecnologia, mas sobre pessoas. O que nós estamos tentando fazer é usar a tecnologia para mostrar as pessoas que elas são únicas e que a tecnologia deve ser usada para o seu bem”, disse Yoko Ishikura, professora emérita da Universidade Hitotsubashi, em Tóquio, e consultora independente em estratégia global de talentos, durante o IT Forum de 2019.

E, para que o Humano Digital realmente caminhe nesta direção, a tecnologia precisa ser integrada, atuante e acessível também nos setores da saúde, educação, agronegócios, economia colaborativa, logística, financeiro e indústria, estimulando a liberdade criativa e a diversidade, capacidades exclusivamente humanas.

0
  Posts Relacionados
  • No related posts found.

Add a Comment


Patrocinadores Sucesu Minas

NetService – Soluções em Tecnologia da Informação (TI)SONDA | Líder em soluções e serviços de TI na América LatinaSquadraTripla

Apoio Institucional

Google|Qi NetworkMidiaria